Home»Cidade»ANTIGRIPAL: Com público-alvo ampliado, procura por vacina aumenta

ANTIGRIPAL: Com público-alvo ampliado, procura por vacina aumenta

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Começou esta semana a vacinação antigripal para todo o público-alvo da Campanha Nacional. Isto porque, os primeiros dias foram voltados apenas para gestantes, puérperas (com até 45 dias após o parto) e crianças a partir de seis meses e menores de seis anos. Agora, estão incluídos os idosos (60 anos ou mais), trabalhadores de saúde, pacientes diagnosticados com doenças crônicas, professores, entre outros.

Com a ampliação do público-alvo nesta etapa, a USF (Unidade de Saúde de Família) do Jardim Boa Vista já observa maior procura pela vacina, especialmente por parte dos idosos, conforme observa a enfermeira Regiane Gomes de Lima Domingues. “A procura está melhor que o ano passado”, compara com início da campanha de 2018. Ela diz que quando há divulgação de ocorrência de casos da gripe H1N1 pela mídia, as pessoas tendem a procurar mais pela vacina.

regiane vacina gripe

Entre as pessoas que compareceram ao posto de saúde nesta semana esta a mãe da pequena Maria Clara, oito meses, Regiane Aparecida Sebastião. Ela diz ficar atenta ao calendário vacinal. Quem também não abre mão de imunizar a filha é Elen Cristina Silva Oliveira, mãe de Eloah, cinco anos. “Uma medida de prevenção muito importante. Sou professora de biologia e sempre converso com os meus alunos sobre a importância das vacinas”, diz. Ela relata não compreender os movimentos contrários às vacinas, pois sempre busca comparar a nossa situação com as carências na área da saúde em países mais pobres.

leonidas vacina gripe

E como também se enquadra no público-alvo, a gestante Juliana Maxin Francieli Pereira, 24, está imunizada. Grávida de três meses, ela conta que tomou a vacina na primeira gestação, há sete anos. Aos 79 anos, o engenheiro elétrico aposentado Leônidas Rocha Campos Filho também não abre mão da vacina antigripal. “É muito importante, sem dúvida”, comenta.

 NESTE SÁBADO

E sábado (4) é o “Dia D” da Campanha Nacional contra a Gripe Influenza. Ou seja, todos os postos de saúde estarão abertos das 8 horas ao meio-dia. Haverá horário ampliado de atendimento, ou seja, até às 16h30, em cinco locais: UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Ypê II, UBS Zona Norte, Zona Sul, Centro de Saúde e a USF (Unidade de Saúde da Família) do Jardim Fantinato.

 

 

Previous post

Seis postos de combustíveis são alvos de operação

Next post

SUS ofertará remédio para tratar AME