Home»Destaque na Home»Ambulâncias novas ficam paradas no pátio da SSM

Ambulâncias novas ficam paradas no pátio da SSM

0
Shares
Pinterest WhatsApp

As novas ambulâncias adquiridas pela Prefeitura ainda não atendem aos pacientes. Nesta semana, o vereador Fábio Aparecido Luduvirge Filetti (PSDB) denunciou que os veículos estão parados no pátio da Secretaria de Serviços Municipais.

Os novos veículos, sendo quatro ambulâncias para a Secretaria de Saúde e uma para o Samu, foram entregues oficialmente ao prefeito Walter Caveanha (PTB) no último dia 9. As cinco ambulâncias foram adquiridas por meio de repasses do Governo Federal e de emendas parlamentares.

Porém, o vereador criticou o fato de os veículos estarem parados. Segundo ele, estão no pátio da SSM as quatro ambulâncias novas e uma do Samu, sendo que esta última não é nova, pois o Serviço de Urgência ficou com a zero quilômetro e devolveu o veículo reserva.

“As novas ambulâncias estão paradas no pátio da Prefeitura e estão andando com as alugadas. Duvido que não tenha demanda para essas ambulâncias”, ressaltou durante discurso na sessão da Câmara, na segunda-feira (13).

Além das ambulâncias novas estarem paradas, o que mais deixou o vereador indignado foi a justificativa. Como o assunto foi comentado durante sessão, a resposta em defesa do Poder Público foi feita pelo vereador Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde (PP).

ambulanciaDe acordo com ele, os veículos ainda não estão sendo usados por conta da cota de combustível da Secretaria de Saúde e também porque a Pasta precisa revolver a questão dos veículos alugados. “A Saúde está verificando a questão dos veículos locados e também tem a questão da cota de combustível que já está sendo usado por esses veículos”, comentou.

A justificativa do vereador Luciano irritou ainda mais a oposição. “Eu não quero acreditar que as ambulâncias não estão circulando por falta de combustível. É um absurdo”, reclamou Fabinho.

A assessoria de imprensa da Prefeitura informou que as novas ambulâncias passam a ser usadas após o dia 6 de junho, pois é nesta data que vai terminar o contrato de locação das ambulâncias que estão atualmente em uso. A assessoria também confirmou a cota de combustível. A informação é de que cada Secretaria administra a sua cota usada mensalmente. A cota usada para as ambulâncias alugadas será a mesma para as novas. São cinco ambulâncias alugadas e o custo de locação é de R$ 25 mil reais por mês.

Previous post

Editorial: Cidade tatu

Next post

Musical “O Rei Leão” chega ao Teatro Tupec