Home»Cidade»Alunos da rede estadual entram em férias, rede municipal segue em aulas

Alunos da rede estadual entram em férias, rede municipal segue em aulas

0
Shares
Pinterest WhatsApp

Os estudantes matriculados na rede estadual já estão em férias. Na rede municipal as aulas prosseguem até o dia 12 para as Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) e até dia 16 na educação infantil, que abrange Emeis (Escolas Municipais de Ensino Infantil) e CEIs (Centros de Educação Infantil).

Na região de Campinas, a rede estadual soma 511 mil estudantes matriculados nas 859 escolas estaduais. As aulas do segundo semestre começam no dia 31 de julho, de acordo com resolução da Secretaria Estadual da Educação. O cronograma garante o cumprimento dos 200 dias letivos, mas cada escola pode organizar de forma autônoma, o próprio calendário pedagógico e de atividades.

alunos antonio giovani lanzi

A rede municipal soma 15.618 alunos, sendo 10.587 nas Emefs, 2.958 nas Emeis, 2.073 nas creches (incluindo as sete unidades das instituições filantrópicas). As aulas para todos os alunos da rede municipal serão retomadas dia 1º de agosto. Os professores retornam um dia antes para a reunião pedagógica.

MATRÍCULAS

Ao longo de julho, as escolas recebem matrículas de novos alunos interessados em ingressar na rede estadual. Para fazer o cadastro basta se dirigir à unidade de ensino mais próxima e preencher o formulário. É indicada a apresentação de documento de identidade e comprovante de residência. No caso de alunos com menos de 18 anos, o cadastro deve ser feito por pais ou responsáveis.

A partir de 2020, as escolas estaduais terão um novo calendário escolar. Haverá a introdução de recessos de uma semana ao final do primeiro bimestre, no mês de abril, e do terceiro bimestre, em outubro. Assim, alunos e professores terão pausas ao término de todos os bimestres, sendo mantidas as férias ao final do segundo e do quarto bimestres.

Previous post

Metas traçadas pela SOV devem ser cumpridas neste ano

Next post

Paulista e Comercial seguram a ponta do Cinquentão