Home»Política»Alex Tailândia está impedido de usar Tribuna Livre até setembro

Alex Tailândia está impedido de usar Tribuna Livre até setembro

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O ex-vereador Alexandro de Araújo, o Alex Tailândia (PRB), não teve autorização da Presidência da Câmara Municipal para usar a Tribuna Livre, na sessão da Casa na próxima segunda-feira (5). Alex havia solicitado por meio de ofício para usar a Tribuna Livre na primeira sessão legislativa de 2018. A intenção do ex-vereador é falar sobre assuntos que considera pertinente ao cotidiano da população, como valor da tarifa do transporte coletivo urbano, demora na reabertura da UPA, no Jardim Santa Marta, e nomeações de cargos comissionados. Alex havia feito o pedido oficialmente à Casa de Leis, em novembro do ano passado, logo após ele ter usado a Tribuna Livre, em setembro. “Agora, eu recebi um ofício nesta segunda-feira (29) assinado pelo presidente da Câmara no qual ele afirma que meu pedido é intempestivo, porque não condiz com as novas regras da Câmara Municipal”, contou Alex.

Quando o ex-vereador apresentou o pedido, em novembro, ele estava obedecendo ao regimento interno da Casa, que determinava o uso da tribuna livre novamente após 90 dias, ou seja, no início de janeiro. No entanto, os vereadores estariam em recesso parlamentar. Portanto, Alex poderia usar a tribuna livre apenas na 1ª sessão legislativa de fevereiro, quando os vereadores retomam as sessões.

Alex Tailândia
Alex Tailândia

Mas, em outubro do ano passado, a Mesa Diretora da Câmara alterou essa regra determinando que o uso da Tribuna Livre possa ser feito somente uma vez por ano. Ou seja, Alex terá de aguardar até o próximo mês de setembro para usar a Tribuna Livre novamente. “Sei que eu incomodo, porque trago à tona os vários problemas da cidade. Causo até constrangimentos, porque represento mesmo a população e eles (vereadores) querem a população longe, sem discutir nada. Ao me afastarem da Câmara estão afastando também a população”, rebateu Alex.

O presidente da Câmara, Luiz Zanco Neto, o Zanco da Farmácia (PTC), explicou que a mudança nas regras para o uso da Tribuna Livre precisa ser respeitada e que sua decisão é baseada em parecer jurídico da assessoria que presta serviços ao Legislativo guaçuano. “Quando essa regra foi modificada no regimento interno, sua validade já é considerada. Não podíamos retroagir o pedido feito pelo Alex Tailândia. Mas não é nada pessoal contra ele. A partir de setembro, a Tribuna Livre poderá ser usada pelo ex-vereador”, afirmou Zanco.

Em sua página pessoal, no Facebook, Alex publicou na íntegra o e-mail que enviou ao presidente da Câmara Municipal, logo após ter seu pedido negado pela Casa. No e-mail, o ex-vereador reforça que fez seu pedido oficialmente antes da mudança na regra do regimento interno. Por isso, considera que não se enquadra na nova determinação de esperar por um ano para usar novamente a Tribuna Livre. “Não concordo com a decisão da Presidência. Incomodo muito, por isso querem me afastar. Não é surpresa essa resposta negativa faltando poucos dias para começar de novo as sessões”, concluiu Alex.

Post anterior

Estrada do Bulgareli precisa de melhorias

Próximo post

Guaçu e Estiva ficam fora da Folia