Home»Destaque na Home»Adolescente fica gravemente ferido ao bater em poste

Adolescente fica gravemente ferido ao bater em poste

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O acidente de trânsito envolvendo um motociclista que ficou gravemente ferido ocorreu por volta das 14h30 dessa quinta-feira (3), na Avenida Tancredo Neves, próximo da imagem do Manto da Mãe Peregrina. O condutor da moto, de 16 anos, perdeu o controle do veículo e colidiu em um mourão ao lado de um poste.

Testemunhas que seguiam o fluxo do trânsito e vinham atrás viram quando o jovem praticamente voou do outro lado da via e acabou colidindo em um veículo Voyage que estava parado. Com o novo impacto, a moto ficou presa atrás do carro e o jovem acabou caindo na frente do veículo.

Sem documentos, o rapaz foi reconhecido por uma colega de escola. Chorando, ela contou para a mãe que era Luís Fabiano dos Santos Jr. O rapaz reside em Estiva Gerbi. “Foi uma cena horrível”, dizia a garota. Ela contava que havia cruzado com o amigo próximo de um posto de combustível na entrada de Mogi Guaçu e seguiam logo atrás.

acidente carro x moto

O condutor do Voyage, Joaquim Pedro Fagundes, disse que havia acabado de estacionar para atender uma ligação no celular e só escutou o barulho. “Nem vi de onde ele veio”, contou assustado.

Quem deu os primeiros atendimentos ao adolescente foram condutores de veículos que passavam, entre elas, algumas socorristas que estavam de folga e o bombeiro Biavati que estava de férias. Ele ajudou a sinalizar a via, interditando parte da pista, e continuou o atendimento com os colegas Pessolato, Leme, Reizer, William e Cezário. O rapaz estava inconsciente e foi levado em estado grave para a Santa Casa. Ele continua internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva)

A velocidade naquele trecho de curva é de 60 Km/hora e populares que estavam pelo local diziam que o adolescente estaria acima da velocidade permitida na via.

 

acidente carro x moto

 

acidente carro x moto

acidente carro x moto

Post anterior

Luminárias de LED são instaladas na Avenida 9 de Abril

Próximo post

Taxistas querem limitar número de carros da UBER