Home»Caderno C»2018: Seis espetáculos disputam 35º Feteg

2018: Seis espetáculos disputam 35º Feteg

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O 35º Feteg (Festival de Teatro do Estudante Guaçuano) contará com seis espetáculos, sendo três na categoria infantil e três na categoria adulta. A abertura será dia 3 de outubro com o espetáculo do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) de Mogi Guaçu e o encerramento no dia 28, do mesmo mês, com apresentação de alunos do curso de Artes Cênicas do Senac.

Os espetáculos inscritos na categoria infantil foram “A Bruxinha que Era Boa” da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) “Maria Diva Franco de Oliveira”, “Histórias bem brasileiras” do Colégio São Francisco/COC e “Os Dois Cumpadi” do Centro Paula Souza /Etec “Euro Albino de Souza”.

Na categoria adulto a edição 2018 terá “Confissões de Adolescente” da escola estadual “Luiz Martini”, “Maria Diva” da Emef “Maria Diva Franco de Oliveira” e “O homem do princípio ao fim” do Colégio São Francisco/COC.

O funcionário da Secretaria de Cultura, Francisco Carlos Rodrigues, lembra que os grupos que abrem e encerram o festival, assim como outros cinco grupos convidados (a confirmar) fazem parte da Mostra Teatral que ocorre paralelamente ao Feteg, há alguns anos. “Por força do regulamento eles não podem participar de forma competitiva. Não sendo instituições de ensino regular ou porque possuem vínculo com a Secretaria de Cultura promotora do evento”, esclarece.

No caso das competições do Feteg, Francisco lembra que a participação das entidades educacionais depende muito daqueles que as dirigem, da boa vontade de professores ou voluntários. “Já estamos estudando, pesquisando e perguntando junto aos participantes uma mudança neste evento de longa data no calendário cultural de nossa cidade. Visando atingir um maior número de inscritos, temos algumas sugestões que devem ser postas em prática nos próximos anos”, adianta.

Post anterior

Sensei Antônio participa de troca de faixas em Itapira

Próximo post

Prefeitura não explica aplicação dos R$ 10 milhões