Home»Cidade»Vereador cobra Caixa sobre casa abandonada

Vereador cobra Caixa sobre casa abandonada

Imóvel está sem morador há mais de um ano e é alvo de vandalismo; mutuário teria desistido da casa

2
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Em uma das visitas ao Condomínio Pantanal I, o vereador Natalino Tony Silva (Rede Sustentabilidade) foi questionado pelos moradores sobre uma casa abandonada. O imóvel estaria sem morador há mais de um ano. A informação apurada pelo vereador é de que a beneficiária teria desistido do imóvel. Mas, neste período, a casa foi alvo de vandalismo, apresentando vidro quebrado e portas amassadas.

Natalino relata que a Secretaria de Promoção Social tem conhecimento do caso, assim como o prefeito Walter Caveanha (PTB), que já teriam informado a Caixa da situação. “O que estou fazendo é reforçar um pedido que a Administração Municipal já fez à Caixa porque até quando esta casa vai ficar assim?”, questiona. O vereador teve conhecimento do problema no último dia 2.

A reivindicação do vereador foi enviada para a Superintendência da Caixa Federal, em Piracicaba. “Enviei a documentação ontem (quarta-feira) e expliquei tudo o que estava acontecendo, inclusive com a informação de que a pessoa não quer a casa”, observa Natalino. Ele relata que desde o início de seu mandato tem feito várias reivindicações à Administração Municipal das queixas dos problemas relatados pelos moradores dos dois núcleos habitacionais.

reclamacao casa abandonada pantanalAs casas dos Condomínios Pantanal I e II foram entregues em maio de 2015. Os empreendimentos foram construídos com recursos do Minha Casa, Minha Vida (Governo Federal) e Casa Paulista (Governo Estadual). O Condomínio Pantanal I fica à Estrada Municipal MG – 12, número 275, logo depois do Distrito Industrial “João Batista Caruso”.

 

CAIXA

A Gazeta manteve contato com a assessoria da Caixa, mas não obteve retorno até o fechamento desta edição.

reclamacao casa abandonada pantanal

Post anterior

Artigo: A desinformação sobre a ditadura militar

Próximo post

Fiscal identifica dono de entulho deixado em canteiro