Home»Opinião»Tome Nota de terça-feira, dia 29

Tome Nota de terça-feira, dia 29

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

No Cegep

O diretor do Cegep (Centro Guaçuano de Educação Profissional), Ivens Chiarelli, não caiu nas graças de todos os funcionários da instituição de ensino. A Gazeta recebeu, na tarde desta segunda-feira (29), uma carta anônima tecendo várias acusações a Ivens e questionando a decisão do prefeito Walter Caveanha (PTB) de tê-lo nomeado para assumir a direção do Cegep, que ministra cursos técnicos. Eles questionam a graduação escolar de Ivens para ter assumido o cargo de diretor e o acusa de fazer intrigas entre os funcionários e até de perseguição.

 

Números
Na próxima quarta-feira (31), a Secretaria Municipal da Fazenda fará audiência pública para apresentar os números e dados do primeiro quadrimestre deste ano. A audiência será realizada no plenário da Câmara Municipal, a partir das 15 horas, sob o comando do secretário da Fazenda, Roberto Simoni. O evento é aberto ao público, mas geralmente conta apenas com a participação de poucos secretários municipais e de alguns vereadores, além de servidores municipais nomeados em cargos de chefia.

 

Em análise

O vereador Jéferson Luís (PROS) se reuniu com o secretário de Obras e Viação da Prefeitura, Salvador Franceli, para tratarem das alterações nas regras para a concessão da gratuidade na tarifa do transporte coletivo urbano em Mogi Guaçu. Nesta primeira reunião, Jéferson defendeu que é necessária a redução no valor da tarifa para o usuário pagante. Sem redução no valor, ele não vê porque alterar a gratuidade. 

 

Atentos

Alguns vereadores estão preparando papel e caneta para anotarem todos os números que forem dados durante a audiência pública. Eles dizem que querem estar com os cálculos em mãos, quando forem questionar alguma demanda ao Governo Municipal. Isso porque, eles alegam que, muitas vezes, pedem informações e não conseguem resposta. “Até hoje, não sabemos, por exemplo, qual é o custo de alguns contratos que a Prefeitura tem por aí”, indagaram.

Post anterior

Editorial: É preciso decidir com o coração

Próximo post

Curtas: Procurado é preso e mulher atropela irmã