Home»Destaque na Home»Quatro são presos por corrupção de menores

Quatro são presos por corrupção de menores

Segundo a polícia, chácara no bairro Cercadinho serve de ponto de prostituição infantil e tráfico de drogas

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Dois adultos e dois adolescentes foram presos na madrugada desta sexta-feira (16) após chegarem a um baile funk com um veículo roubado. O carro, Zafira, havia sido levado por volta da meia-noite de uma residência.

Momentos depois, uma denúncia foi feita ao Centro de Atendimento e Despachos (CAD), pelo Disque 190, informando que o veículo havia sido visto trafegando pelo Jardim Chaparral.

Viaturas deslocaram-se para a região na tentativa de localizar o veículo. Em seguida, outra informação foi repassada ao sargento Trasse e a equipe composta pelos policiais Lepri, Américo, Simioni e Humberto de que o veículo estaria em um baile funk pelo bairro Cercadinho. Viaturas do patrulhamento da área e com apoio da Força Tática cercaram o local.

Os dois homens foram detidos assim que desembarcavam do veículo já estacionado dentro da chácara. Os dois adolescentes tentaram fugir pelos fundos do imóvel, mas ao tentarem pular o muro foram detidos. Próximo ao veículo ainda foram encontrados entorpecentes – 11 gramas de maconha e 1,2 gramas de cocaína.

Na festa ainda havia 17 adultos e cerca de 20 adolescentes, sendo que a maioria era garotas. Segundo a polícia, o local já é usado para a promoção de bailes funks há muito tempo, sendo que há indícios de que ali ocorra prostituição infantil e tráfico de entorpecente.

Todos foram encaminhados pelos policiais para a delegacia. Após o registro da ocorrência e identificação de todos os presentes na festa, os adultos foram liberados. Os adolescentes voltaram para casa somente após a presença de pais ou responsáveis.

receptacao veiculo pmOs dois adultos, que não tiveram os nomes divulgados, que estavam no carro roubado com os adolescentes foram presos sob acusação de corrupção de menores e receptação do veículo roubado por não serem identificados pela vítima como sendo os autores do roubo. Um deles já tem antecedentes criminais. Os adolescentes permaneceram apreendidos pelo ato infracional de receptação e depois foram liberados aos pais.

O veículo foi restituído à vítima. A mulher que reside sozinha estava dormindo quando os ladrões invadiram sua residência e a renderam. Pelo que os policiais militares apuraram, eles não arrombaram o imóvel. Conseguiram entrar com chave e para se certificar que não havia ninguém na casa fizeram uma ligação para o telefone da vítima. Quando a mulher levantou para atender, eles perceberam que havia alguém na casa. Ela foi rendida com uma faca e amarrada no quarto, enquanto os ladrões roubaram objetos da casa. Ela conseguiu se soltar e pediu ajuda dos vizinhos que acionaram a PM. Os demais objetos levados não foram localizados.

Post anterior

Igrejas mantém tradição de enfeitar as ruas

Próximo post

Colaboradores do UAI são homenageados na Câmara