Home»Polícia»Para não ser preso, homem usava nome do irmão

Para não ser preso, homem usava nome do irmão

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Os guardas civis Luís e Gisele estavam em patrulhamento na área central e abordaram um homem, em situação de rua, que tinha as mesmas características de um procurado da Justiça. Ao ser abordado, na tarde de quarta-feira (26), ele passou o nome do irmão, mas os guardas já sabiam da artimanha e o levaram para a delegacia para checar os dados.

Ficou constatado que André Bovolenta, 37 anos, tinha um mandado de prisão expedido em fevereiro desse ano pelo juiz da 4ª Vara da Comarca de Mogi Mirim. O processo contra Bovolenta é de 2015. Ele foi conduzido à Unidade de Detenção, em Itapira.

Procurado

Post anterior

Protestos terminaram ao meio-dia no Ingás

Próximo post

Atletas e presidente de clube vão parar na delegacia