Home»Polícia»Mulheres são vítimas de furto e roubo

Mulheres são vítimas de furto e roubo

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Policiais militares da Força Tática conseguiram deter dois homens no final de semana acusados de furto e roubo. Objetos das vítimas foram recuperados. Na manhã de domingo (14), o mototáxi Maycon Roberto Possolino, 22, foi preso pelo Jardim São Francisco minutos após roubar o celular de uma jovem de 21 anos. Ela caminhava por uma rua do Jardim Novo I, quando foi abordada.

A mulher disse aos policiais que com violência e ameaça o acusado pegou o celular e fugiu. Ela passou as características para os policiais do CAD (Centro de Atendimento e Despachos) do Disque 190 da PM. Com as informações, os policiais Lupino, Goulart e Silva iniciaram o patrulhamento pela região e localizaram o rapaz no Jardim São Francisco. O celular da vítima ainda estava com ele.

Na Central de Polícia Judiciária, o delegado Fernando Zucarelli Pinto determinou a prisão em flagrante por roubo e lesão corporal devido à agressão a vítima até que fosse ouvido em audiência de custódia pelo juiz da Vara Criminal.

 

Furtou bolsa

Os policiais Eleutério, Ferraz e Wagner, da Força Tática, conseguiram recuperar os objetos furtados de uma mulher de 25 anos que teve a bolsa furtada na quinta-feira (11), na região Central. A vítima contou aos policiais que antes de registrar a ocorrência solicitou imagens de monitoramento dos comércios próximos. Os policiais identificaram o homem de 28 anos pelo emplacamento do veículo, uma motocicleta Honda CG 125, cor preta.

Na residência dele, no Jardim Centenário, foi localizada a bolsa e alguns objetos da vítima como fone de ouvido, carteira social de clube recreativo e pen drive. Os policiais apreenderam também um par de tênis, boné e uma jaqueta que o homem usava na hora do crime. O acusado foi levado à Central de Polícia Judiciária e como já havia passado o prazo flagrancial, foi liberado após interrogatório e vai responder pelo crime de furto em liberdade.

Post anterior

Guaçu é sede de treinamento de 92 cidades

Próximo post

Aposentado se queixa da falta de remédio