Home»Cidade»Moradores vão à Câmara cobrar asfalto

Moradores vão à Câmara cobrar asfalto

Após negativa da Prefeitura, os moradores decidiram aderir ao PCM para garantir o asfalto na rua do bairro

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Um grupo de moradores do Jardim Suécia esteve na Câmara Municipal, durante a sessão do último dia 5, e se reuniu com os vereadores e com o secretário de Obras e Viação, Salvador Franceli.

Os moradores foram reivindicar a pavimentação asfáltica na Rua Nagib Matte Merhej, que há anos segue sem asfalto. De imediato, o secretário de Obras negou a possibilidade para este ano. “Não conseguimos asfaltar aquela rua até o fim deste ano. Não temos recursos para isso”, explicou Franceli.

Para amenizar o problema que os moradores à Rua Nagib Matte Merhej enfrentam com a poeira no tempo seco e com o barro em dias de chuva, Franceli sugeriu colocar fresa de asfalto naquela via até que a pavimentação asfáltica possa ser feita de fato. “É uma medida provisória. Com o tempo essa fresa também se desfaz. Mas é uma solução a curto prazo que poderia ser feita já neste mês”, afirmou o secretário.

No entanto, o grupo de moradores não aceitou a proposta e acenou estar disposto a custear o PCM (Plano Comunitário de Melhorias) para a colocação de asfalto. “Praticamente todos os moradores naquela rua concordam em pagar o PCM para ter o asfalto de verdade e de uma vez por todas. Não aguentamos mais viver ali, sem o asfalto. São muitos os problemas por causa disso”, alegaram os moradores.

sessao de camara reuniao asfalto povo sueciaFranceli explicou que para o PCM ser feito é necessário que haja a adesão obrigatória de 70% dos moradores da Rua Nagib Matte Merhej. Caso contrário, o PCM não é liberado. “Se tiver a adesão de 70% é o ideal, porque o PCM é a única solução para este tipo de problema. O município não está tendo condições financeiras para arcar sozinho com os custos do asfalto”, observou.

Diante disso, o secretário disse que irá calcular os valores para o PCM no Jardim Suécia, e encaminhar os custos para os moradores, a fim de que verifiquem se realmente irão aderir ao Plano Comunitário de Melhorias, que terá o preço total do asfalto rateado entre os moradores daquela rua.

A reunião entre os moradores do Jardim Suécia, vereadores e o secretário municipal de Obras foi intermediada pelo vereador Francisco Inácio Magela, o Chicão do Açougue

sessao de camara reuniao asfalto povo suecia

Post anterior

Alunos de CEI realizam passeata para chamar atenção

Próximo post

Artigo: Eu não tenho bandidos de estimação