Home»Destaque na Home»Martinho Prado: comerciantes pedem reforço da GCM

Martinho Prado: comerciantes pedem reforço da GCM

Uma reunião foi realizada em Martinho Prado para que a segurança do local fosse discutida com o comanda da GCM

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Comerciantes do Distrito de Martinho Prado Júnior fizeram uma reunião com o comando da Guarda Civil Municipal, na noite da última segunda-feira (8), para solicitar mais patrulhamento no local. O convite, atendendo às reivindicações da população, foi feito pelo Administrador da Regional, José Vítor de Oliveira, o Vitinho.

Cerca de 40 pessoas entre comerciantes e sitiantes participaram da reunião e pediram que a troca dos turnos dos guardas civis que atuam na Base de Segurança, fosse feita no Distrito. Assim, a Base não ficaria fechada quando uma viatura precisa voltar para a sede em Mogi Guaçu. Enquanto a outra não chega, os guardas continuam em plantão.

O diretor da Guarda, Adriano Luciano Rodrigues, disse que o comando já havia feito essa modificação há cerca de duas semanas. “Assim a Base funcionada 24 horas”.

reuniao comerciantes martinho prado e guarda municipalOs sitiantes também pediram reforço no trabalho da Patrulha Ambiental. Mesmo sem efetivo para ampliar esse setor, responsável pelos mais de 900 km de estradas rurais, ficou acertado que será intensificado o patrulhamento em áreas específicas, além das constantes ações já realizadas das Operações e Blitz com abordagem de veículos e suspeitos.

Haverá também intensificação das viaturas do Distrito nos horário e entrada e saída da escola, para a normatização do trânsito. Além do patrulhamento preventivo no Centro Esportivo devido venda de entorpecente pelas imediações.

Participaram da reunião a secretária de Segurança, Judite de Oliveira, o comandante operacional Claudemir Adorno da Costa, o vice-prefeito Daniel Rossi (PR), os vereadores Luciano Firmino Vieira, o Luciano da Saúde e Jéferson Luís.

 

Câmara

No final de abril, os vereadores receberam um grupo de comerciantes do Distrito de Martinho Prado Júnior. Eles foram reivindicar apoio, a fim de aumentar a segurança ostensiva no Distrito. De acordo com os comerciantes, os assaltos estão se tornando constantes em Martinho Prado mesmo durante o dia, e a sensação de insegurança está prejudicando, principalmente o comércio.

 

 

Post anterior

Rua Lúcio Bueno é pavimentada

Próximo post

Dois são condenados por homicídio no ‘Boa Vista’