Home»Destaque na Home»Idoso é morto a golpes de caibro

Idoso é morto a golpes de caibro

A vítima de 70 anos tinha ido comprar pão para o café da manhã, quando foi abordado, roubado e assassinado

9
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O idoso Laércio Fontes, 70 anos, foi brutalmente assassinado na manhã desta segunda-feira (22), no Jardim Vitória. Ele tinha ido buscar pão para o café da manhã, quando foi morto por volta das 7 horas.

A vítima foi abordada por Alex Gama da Silva, 23 anos, que roubou e agrediu o idoso. Alex usou um caibro para golpear a vítima no braço e várias vezes na cabeça. Com fraturas no crânio, a vítima foi socorrida pela ambulância do Samu ainda consciente até a Santa Casa onde acabou falecendo. Segundo dados do médico Paulo César Borgnovi entregue aos policiais, a vítima estava em estado gravíssimo.

Duas mulheres que viram a agressão tentaram ajudar o idoso, mas o agressor fugiu assim que as viu se aproximando. Assim que chegaram ao local do roubo, os policiais militares Estevam e Ferraz anotaram as características do suspeito e provável apelido. Eles conseguiram localizá-lo em sua residência, no Jardim Chaparral, cerca de 10 minutos após obterem as informações.

local latrocinioO policial Estevam disse que encontraram roupas e o caibro (com sinais de sangue) usados no crime e que foram jogados pela rua onde suspeitaram residir Alex. Com informações de populares conseguiram chegar até a residência dele.

A mãe do agressor permitiu a entrada dos policiais que encontraram Alex no quarto. Mesmo com as mãos ensanguentadas, ele negava a autoria do crime alegando ter sido praticado pelo irmão gêmeo. Mas ele não tem irmão gêmeo, revelou a mãe.

Alex teria conseguido pegar dinheiro da vítima e ao fugir deixou cair parte do dinheiro no chão. As notas espalhadas foram recolhidas por testemunhas e entregues aos policiais. Não se sabe qual a quantia levada pelo ladrão porque não foi localizado dinheiro com ele.

Peritos da Polícia Científica foram ao local do crime, assim como o delegado de plantão Dalton David Ferreira. Alex foi preso em flagrante pelo crime de latrocínio consumado – roubo seguido de morte. Ele não tinha antecedentes criminais, mas fazia uso de entorpecente.

Após elaboração do Boletim de Ocorrência ele foi conduzido à Unidade de Detenção, em Itapira.

local latrocinio

Post anterior

Idoso é morto a 'pauladas'

Próximo post

“Franco Montoro” terá curso de Gestão Pública