Home»Cidade»Grupo de mães se une para limpar creche

Grupo de mães se une para limpar creche

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

 

A manhã desta quinta-feira (20) foi agitada no Jardim Novo II. Um grupo de mães se mobilizou para limpar o CEI (Centro de Educação Infantil) “Synésio Ramos”. Tudo porque os resíduos de poda e roçagem se acumulam no terreno da escola desde o início do ano letivo. E a consequência disto foi o aparecimento de ratos e, segundo as mães, até mesmo de escorpião.

Dispostas a se livrarem do entulho, cerca de 10 mães se uniram para providenciar a limpeza e uma delas chegou a locar uma caçamba para depositar os resíduos. No entanto, o grupo foi impedido de entrar na creche. Indignadas, as mães acionaram a GCM (Guarda Civil Municipal), mas os policiais foram informados de que a retirada do entulho seria providenciada por empresa particular solicitada pela coordenação da creche.

reclamacao entulho cei synesio ramos

“Nossa preocupação é com a saúde dos nossos filhos. Não dá mais para deixar este entulho e fazer de conta que não existe. Está uma vergonha e trazendo riscos”, disse uma das mães. Outras relataram as crianças estão brincando próximas do amontoado do entulho ou até mesmo mexendo nas folhas e restos de frutos da mangueira que existe no terreno.

Como as mães não arredaram o pé da porta da creche, representantes da Secretaria Municipal de Educação estiveram no local e conversaram com o grupo. A explicação dada foi de que não podiam entrar na creche porque poderia haver um acidente como, por exemplo, se cortarem. Para isso, teriam de ser voluntárias, cujo procedimento deve ser acertado junto à DRH (Divisão de Recursos Humanos) da Prefeitura, onde assinam termo de compromisso e tomam ciência das regras.

reclamacao entulho cei synesio ramos

Quanto à retirada dos resíduos de poda e roçagem, as pedagogas Renata Bizigatto e Rita Antonialli explicaram que, de fato, há dificuldades nesta etapa final do processo de roçagem e poda das unidades de ensino. Ou seja, não há mato alto ou folhas espalhadas porque existe a roçagem e o serviço de rastelo, mas a retirada não ocorre com frequência. “Estamos adaptando um caminhão baú com uma carroceria e que ficará unicamente para este serviço nas escolas da rede municipal”, explicou Renata observando que o caminhão deve ficar pronto em 15 dias.

reclamacao entulho cei synesio ramos

Rita, por sua vez, agradeceu a intenção das mães em ajudar e disse que existe um trâmite a ser seguido, por isso, não podia permitir que entrassem para realizar a retirada do entulho. “Vocês se tornando voluntárias podem ajudar na organização das festas”, exemplificou. A pedagoga disse que o caminhão acionado pela coordenadora da creche fará o serviço gratuitamente. As mães permaneceram na porta da creche aguardando a chegada da empresa.

Post anterior

Mecânico liga para família e diz estar bem

Próximo post

Manobra brusca causa acidente de trânsito na Bandeirantes