Home»Caderno Multi»Depois dos 35: Nunca é tarde para ser mãe!

Depois dos 35: Nunca é tarde para ser mãe!

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A participação das mulheres no mercado de trabalho e, consequentemente, a dedicação também aos estudos têm feito com que cada vez mais as mulheres adiem a maternidade. Há ainda aquela parcela que engravidou tardiamente, mas sem planejar, reexperimentando a maternidade com os outros filhos já crescidos. Por estas razões, a gestação após os 35 anos é uma realidade em muitas famílias.

Às vésperas do Dia das Mães, a Gazeta traz a história de duas mulheres: Valéria Rodrigues Gaspar, 39 anos, que está grávida de Manoela, e Isaura Gomes de Lima Marcondes, 76 anos, que engravidou da filha caçula aos 40 anos, quando acreditava estar entrando na menopausa.

Estas mulheres vivem momentos diferentes. Valéria com as expectativas para a chegada da primogênita. Isaura, após a criação de suas três Marias, vive a experiência de ser avó.   

UNIÃO

Valéria teve total apoio do marido para realizar o desejo de ser mãe

Foi só depois de se realizar profissionalmente que a cabeleireira Valéria Rodrigues Gaspar, 39, começou a pensar no casamento e na maternidade. Ela sabia que engravidar poderia não ser uma tarefa fácil e se dependesse dos primeiros diagnósticos que recebeu, certamente nem teria tentado. Um profissional chegou até mesmo a sugerir a retirada do útero por causa de mioma. Mas Valéria não aceitou a sugestão como sentença e negou esta possibilidade. Afinal, queria realizar o sonho da maternidade.

multi dia das maes manoel e valeriaHá quase três anos, após cinco de namoro, casou-se e estava chegando o momento de realizar o antigo desejo. Porém, havia algo a ser revisto. Isto porque, o marido, o gestor de negócios Manoel Gaspar Junior, 53, havia feito vasectomia e teria de reverter o procedimento. Realizada a reversão, Valéria estava sendo assistida por um médico especialista em miomas, em Campinas, que havia feito retirada de um tumor no interior do útero. A cabeleireira engravidou e passou por um aborto espontâneo antes dos dois meses. Um novo mioma havia aparecido. Outro procedimento de vídeo-laparoscopia foi realizado para extração e quatro meses depois, o casal teve a confirmação da gravidez.

“Passei por nove profissionais e todos me desmotivaram até que cheguei a este especialista. Ele explicou que minha cirurgia seria simples e que poderia sim engravidar”, recorda Valéria que está no quinto mês de gestação. Manoela nasce em setembro de parto cesárea. Valéria não fará parto normal porque têm outros dois miomas externos. “Os miomas internos são abortivos, os externos não”, explica observando que tudo é muito bem acompanhado pelo médico.

Valéria e Manoel estão curtindo esta fase da gestação e sabem o quanto desejaram viver este momento. Manoel tem um filho de 25 anos, mas apesar da experiência da paternidade admite que será um recomeço. “Quando meu filho nasceu, eu estava com 26 anos. A disposição era outra. Mas tenho certeza de que vou aproveitar muito também”, comenta frisando que se trata de um desejo do casal ter filhos.

multi dia das maes manoel e valeria

Atualmente, a cabeleireira é referência para muitas mulheres não só que desejam ter filhos depois dos 35 anos, mas como para aquelas que têm mioma. “O mioma pode surgir depois dos 30 anos, mas no meu caso, por exemplo, é hereditário. Minha mãe gerou a nós três e tinha mioma”, diz referindo-se às irmãs. Aliás, uma das irmãs de Valéria foi mãe aos 36 anos. Agora, com vasectomia revertida, Manoel brinca que terá de ter mais cuidados porque o casal não planeja outro irmão para Manoela.

AOS 40 ANOS

Isaura pensava estar na menopausa, mas estava grávida da filha caçula

Aos 40 anos e com uma filha de 16 e a outra de 18 anos, Isaura Gomes de Lima Marcondes não pensava mais em ter filhos. A falha na menstruação foi atribuída à menopausa. Foi o médico quem informou sobre a gestação antes mesmo de pedir qualquer exame. Isaura já estava com três meses de gestação. Um susto para ela que pensava nos problemas da gravidez por ter hipertensão desde os 30 anos e, especialmente, na saúde do bebê.

multi dia das maes isaura“Mas foi a minha gestação mais tranquila. Das outras passei muito mal, vomitava demais. Nesta, eu não tive nada. Nem problemas com a pressão. Fui até os nove meses e fiz cesariana porque operei para não ter mais filhos”, conta Isaura que está com 76 anos.

A caçula Maria Carolina, portanto, tem 36 anos. As irmãs mais velhas Maria Tereza e Maria do Carmo foram também um pouco mães da caçula, pois ajudaram Isaura na criação da pequena. Afinal, à época, a mãe trabalhava fora no comércio da família ao lado do marido Alfredo Marcondes Neto, falecido há quase 10 anos.

Maria Carolina era uma espécie de boneca-viva da irmã Maria Tereza, pois cuidava com todo o carinho. “A Carol ia linda para a escola, com o cabelo todo arrumado. Quando a Maria Tereza casou, eu passei apertado porque não sabia fazer os penteados”, recorda aos risos Isaura.

Já a irmã mais velha, Maria do Carmo, trabalhava e estudava, ou seja, tinha menos tempo para os zelos com a caçula.

Depois de quase 40 anos da gestação tardia, Isaura obteve todas as respostas dos medos de quando engravidou. Teve uma filha perfeita, acompanhou o crescimento, o desenvolvimento, foi presente na escola, levou às festas dos amigos, enfim, fez tudo que uma mãe faz para os filhos, sem maiores dificuldades. Afinal, disposição nunca lhe faltou. “Pensava se daria conta de criar a Carol e ajudei a criar também a Natália que já está com 22 anos”, diz ela referindo-se à neta caçula. Isaura ainda tem outros dois netos, os irmãos Guilherme, 28 anos, e Gabriela, 25.

Isaura e as filhas
Isaura e as filhas

Para quem acha que não vai acompanhar os filhos e os avanços da geração, Isaura é um exemplo de que tudo isso depende da disponibilidade, em doar-se diante da possibilidade de erros, mas com o desejo de acertar.

Aos 76 anos, ela é uma mãe e avó antenada. Não deixa de acompanhar os noticiários da TV, tem redes sociais e assim se comunica com todos da família. Enfim, que venham os bisnetos!

Post anterior

Cia Cisne Negro apresenta "O Quebra Nozes"

Próximo post

Educação divulga aprovados para receber subsídio