Home»Polícia»Curtas: briga de vizinhos, marcha azul e tentativa de roubo

Curtas: briga de vizinhos, marcha azul e tentativa de roubo

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Mulher reconhece acusado por mochila

Uma mulher foi vítima de uma tentativa de roubo em dois dias 9 e  17. Nesse último dia, ela gritou ao ver o rapaz se aproximar e viu quando ele pedalou e fugiu do local. Ela pediu ajuda à PM. Os policiais Roberta e Eduardo conversaram com a diretora da escola estadual “Almerinda Rodrigues” e localizaram o jovem. Ele já havia trocado a mochila que carregava e foi reconhecida pela vítima. Assim que entrou na escola pediu para uma colega trocar de mochila com ele. Ela aceitou ficar com a mochila, mas alegou que não sabia o motivo da troca. Após declarações na delegacia e registro da ocorrência, o menor voltou para a casa com os pais.

 

Guardas civis participam da Marcha Azul Marinho

Guardas civis da região participaram no último dia 17 da Marcha Azul Marinho em que reivindicam melhorias trabalhistas no Congresso Nacional. A guarda Sueli Castro Silva foi representar os guardas guaçuanos e contou que a comissão conseguiu apoio político para defender a luta dos guardas de todo o Brasil. Uma das reivindicações é que a categoria fique de fora das Reformas Trabalhistas. Sueli contou que durante as sessões com os políticos, um grupo de 400 guardas podia entrar, em sistema de rodízio, e acompanhar as discussões.

 

Carro aberto atrai ladrões

Policiais Militares recuperaram um veículo na noite de terça-feira (16), após a proprietária esquecer os documentos e chave dentro do Uno, cor cinza. Os policiais Fonseca e André Luís desconfiaram de três rapazes circulando com o veículo pela região dos Ypês. Ao tentarem abordagem, o veículo foi abandonado pelo Ypê VI e os indivíduos fugiram em direção a um matagal. A mulher disse que o carro estava estacionado na calçada da residência, às 18h30, e o veículo foi recuperado às 21h.

 

Cachorro faz vizinhos brigarem

Por um descuido, o cachorro de uma dona de casa de 53 anos escapou e foi latir para o cachorro do vizinho, no portão ao lado.  Mas não houve ataque e sem vítimas de mordedura. Mas irritado, o vizinho se apoderou de um pedaço de madeira e foi até a casa da mulher ameaçando-a de morte. Um Boletim de Ocorrência de ameaça foi registrado na noite de segunda-feira (15).

Post anterior

Pais precisam desconfiar mais das pessoas

Próximo post

Casal é flagrado ‘fumando’ maconha