Home»Artigos»Artigo: Os três setores que estão ferrando

Artigo: Os três setores que estão ferrando

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A política, as grandes empresas públicas e privadas e o judiciário. Aí eu pergunto quem está nos roubando?  São 90% dos políticos, 100% das grandes empresas públicas e privadas e o judiciário federal.

Esses três grupos além de saquearem as grandes empresas, saquearam o INSS com suas altas aposentadorias.  É ou não é? Deputados, senadores, grandes presidentes de empresas públicas e o judiciário que saqueiam maioria do orçamento em seus absurdos de altos salários. O que esse trio federal deixará para o resto dos trabalhadores das empresas privadas e dos funcionários públicos trabalhadores de todos os municípios, perto de 100 milhões de pessoas ou mais?

Sobrarão a partir de agora três grupos com sérios problemas: falta de dinheiro e portanto redução na comida, falta de milhões de empregos de imediato e 54 milhões com saldo negativado no Serasa. Por que isso aconteceu agora com o Legislativo e o Executivo: Primeiro uma disputa fraticida da esquerda doente e da direita também doente, para derrubar um governo (com corruptos de todos os lados), mas fazendo uma reforma necessária que os dois lados diziam no governo anterior que seria uma solução para o Brasil.

E o Judiciário fez o quê? Começou bem, foi desvendando a corrupção, foi adquirindo a confiança de toda a população, passou a fazer sua propaganda, com prisões duras, veja o caso do Marcelo Odebrecht, mais de 4 anos de cadeia, bilhões pagos, STF segurando presos, até que o judiciário começou a sair fora das leis para garantia de todo cidadão, e nuvens negras começaram a cobrir suas cabeças.

Aí aparece dois maiores bilionários da América do Sul e Central, chamados Joesleys safadão 1 e 2, para jogar aquele pozinho brilhante nas mentes do pessoal jurídico federal e a justiça começou a vasar merda.  Primeiro arrebentam com a constituição, não pode gravar o presidente, fizeram certo com a Dilma, deram toda a liberdade para os dois safadões de morar onde quisessem, de não usar tornozeleira, cobraram uma merreca perto do que pagou o Marcelo, deixaram comprar perto de 2 bilhões de dólares pago com reais, pois os safadões 1e 2 sabiam que o dólar dispararia na cotação, e fizeram isso, que é o pior dos crimes, roubar 290 bilhões das empresas na bolsa em 3 dias.

Srs. juízes de Curitiba, do STF, procuradores, etc. etc. Se os dois puderam fazer isso por que eu não posso perguntar: Essa nuvem negra andou escurecendo esse relaxamento jurídico e crime seletivo contra pessoas e a constituição.

Para onde irão nossas aposentadorias futura, nossos empregos e como vamos acertar com a Serasa, SPC, outras dívidas, de nós trabalhadores privados e das prefeituras que pagam INSS de seus funcionários e depois tudo vira salário mínimo?  

E as reformas no Congresso, foram jogadas na lata de lixo por dois empresários do Filezão, pois vocês não estão nem aí com país, como ficam agora vocês com a classe do meio? Será que em pleno 2017 está se prevalecendo  aquela frase que ficou famosa nos meios forense: “Para os amigos os favores da lei e para os inimigos os rigores da lei”

Ficamos no meio dos empresários corruptos e dos três poderes, Legislativo, Executivo e Judiciário.

 

Sebastião “Kaburê” de Arruda Neto é comerciante em Mogi Guaçu

 

Post anterior

Equipe da SOV realiza reparos em buraco

Próximo post

Fabinho dá sinais de desgaste com o Governo Municipal