Home»Destaque na Home»96 tijolos de maconha, euro, dólar e real são apreendidos

96 tijolos de maconha, euro, dólar e real são apreendidos

A apreensão foi possível devido a uma operação realizada pelos policiais da Força Tática; três pessoas foram presas

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Uma operação da Força Tática, na noite de quinta-feira (4), entre Mogi Guaçu e Mogi Mirim, resultou na prisão de três homens e na apreensão de 96 tijolos de maconha (79,5 kg), além de dinheiro em reais, dólar e euro.

Os policiais militares Eleutério, Ferraz e Wagner receberam informações sobre uma transação de drogas envolvendo indivíduos em um veiculo Mitsubishi/Pajero, com placas de São José dos Campos, e um Ford/KA, com placas de Belo Horizonte/MG. Os policiais seguiram as informações e chegaram ao local, em Mogi Mirim, onde a droga era negociada. Foi, então, solicitado reforço para o cerco policial aos veículos. Os condutores deixavam o local em seus carros pela Rodovia SP-340 sentido Mogi Guaçu.

trafico drogaAinda em Mogi Mirim, na alça de acesso para a Avenida Pedro Botesi, o veículo KA retornou sentido Campinas sendo abordado pelos policiais Fantini, Joel e Moreno. No veículo foram encontrados 14 tijolos de maconha e R$ 614. André Luís de Oliveira, 37 anos, disse residir em Jacareí/SP e contou que havia comprado a droga. No carro ainda foram encontrados três ‘espelhos’ de documento de veículo, sendo um em branco e um celular que foi quebrado por Oliveira para esconder informações da polícia.

Outra equipe da Força Tática, composta pelos policiais Eleutério, Ferraz e Wagner juntamente com Atevaldo, Calábria e Campos, conseguiram abordar o Pajero pela Avenida Suécia. No veículo foram encontrados seis tijolos de maconha e R$ 14.570.  Angelo Gabriel Robertti, 48 anos, confirmou que o dinheiro era da venda da droga e que trafica há algum tempo. A droga encontrada em seu carro era sobra da venda a Oliveira. O comprador não tinha dinheiro para levar o restante.

Na residência de Robertti, no Jardim Boa Vista, ainda foi localizado um revólver calibre 38, além de 3.300 dólares e 75 euros. Os policiais ainda conseguiram saber onde outra parte da droga estava escondida.

Os policiais Lupino, Goulart e Silva foram até o Jardim Silvânia, em Mogi Mirim, e lá mais um homem foi detido fazendo a ‘segurança’ de 76 tijolos de maconha.  Na casa ainda havia três balanças digitais, dois rolos de plástico/film, dois rolos de fita colante e um facão. João Orivaldo Boro, 54 anos, contou que recebia R$ 100 por semana para guardar entorpecente.

O delegado Erivan Cruz determinou a apreensão dos dois veículos e do trio que foi encaminhado para a Unidade de Detenção, em Itapira.

João
João
Angelo
Angelo
André
André
Post anterior

Após susto, mãe e avó tentam entender sumiço

Próximo post

Segundo Dilma e Lula, Temer não era o “vice dos sonhos”